©2019 by Carmem farage. Proudly created with Wix.com

Vítima ou algoz? O jogo da culpa.


Bom dia a todos! Gostaria hoje de conversar com vocês sobre estes papeis que fazemos repetidamente pelas vidas a fora sem nos darmos conta do que realmente representa.

No texto - "Angústia, culpa e libertação", Freud nos mostra o jogo inconsciente que se dá entre nós, e mostra que passamos a desempenhar papéis inconscientes que nos exigem a resolução destes. Muitas vezes, a atuação é o caminho mais fácil para mentes mais perturbadas.

Mas para nós, neuróticos normais, podemos viver estes papeis que nos causam muita angústia sem perceber que estamos, na verdade, repetindo o passado.

Como sabem, sou especialista em regressão de memória e a terapia Lumni lida com esta verdade inserindo-a num campo ainda mais amplo de visão do ser humano no tempo/espaço, através das vidas passadas.

Deste modo, podemos compreender o jogo inconsciente dos papéis de vítima e algoz remetendo-nos às experiências que tivemos em outras vidas e que, por estarem mal resolvidas em nós, temos o impulso de resolvê-las ou repeti-las (compulsão à repetição no intuito de resolver) , como queiram.

Se em vidas passadas fomos as vítimas, queremos vingança. Se fomos o algoz, teremos culpa e iremos emanar essa culpa atraindo o algoz vingador. Este modelo tende a se repetir num looping eterno, a menos que um dos dois caia em si, ou tome consciência do que trás em si e elabore racionalmente os fatos.

Através do método de regressão de memória Lumni, podemos detectar os papéis e extingui-los apometricamente, após compreender e elaborar na lógica atual.

Psicanálise, Regressão de Memória e Apometria se unem para que a libertação dos registros passados aconteça.

Nossa técnica é ímpar, criada por mim, sob canalização do mestre Teilhard de Chardin, abrindo um futuro novo e liberto de qualquer resquício do passado.

Bem vindos ao futuro.

Carmem Farage

56 visualizações